THE WALKING DEAD – S03E07: WHEN THE DEAD COME KNOCKING

Por Alvaro Luiz Matos

28 de novembro de 2012

Por: AlvaroLuizMatos - @AlvaroLuizMatos
SPOILERS ABAIXO:
Passamos por um período no qual foram nos apresentado novos personagens e a partir desse momento novos arcos passaram a serem abordados de forma a fazer com que The Walking Dead ganhe mais ação e dinamismo.

Até agora vimos uma guerra entre humanos e errantes e algumas pequenas guerras entre os próprios humanos durante a estadia do Team Rick na fazenda. Porem nada se compara ao que pode está por vim.

Michonne encontrou Rick e se sentiu muito menos ameaçada do que quando esteve com o Governador, sendo assim ela abriu o jogo e contou tudo sobre o sequestro de Meg e Glenn.

Se antes reclamávamos que o grande problema de TWD eram seus atores, hoje podemos destacar alguns personagens que são brindados com belas atuações. O ator, Steven Yeun (Glenn), tem colecionado boas atuações desde o início da primeira temporada, além de conquistar o carinho dos fãs que o considera um dos personagens favoritos na série.

Mesmo assim o personagem talvez não tenha tido tantas cenas importantes e significativas como ouve nesse episódio. A cena em que ele está preso na cadeira e precisa se livrar do zumbi é muito bem criada e conta com uma bela interpretação do ator.

Agora não posso dizer o mesmo sobre a cena de Meg com o governador. Não que a cena não tenha sido muito bem interpretada, porem eu já deixei de assistir séries por muito menos. Deixa que eu explico.

Existe uma série na Showtime, chamada The Borgias, que aborda a vida de um papa católico. Ele casou sua filha (ainda adolescente) com um rei (já envelhecido) apenas para conseguir influencia. Esse Rei abusou da menina contra a vontade dela. Resultado? Depois dessa cena eu nunca mais assistir The Borgias.

A cena em que o Governador pede para que Meg tire a roupa e ameaça abusar dela poderia muito bem ser substituído por outro método de interrogatório. Não suporto abordagens que estimulem tais maus tratos a mulher, isso me enoja.

Sei que provavelmente isso tenha acontecido para que o público passe a ter ódio do personagem e então fiquem a aguardar a invasão com maior expectativa. Acredito que isso tenha funcionado bem e que a espera pelo próximo episódio e pela invasão do Team Rick possa movimentar ainda mais a atmosfera de confronto que The Walking Dead vem criando durante esses últimos episódios.

Fora isso o episódio serviu muito mais de preparativo para o próximo do que propriamente desenvolver a história, foi criado durante os cinquenta minutos toda a atmosfera que dará início ao um grande confronto. Espero ansiosamente o próximo episódio para torcermos para que o Rick e os outros possam sair vitoriosos.

Obs.:1: Se alguém leu uma das minhas reviews vai se lembrar de que lancei aqui uma enquete para o nome da filha de Rick. Foram citados bons nomes como Hope, Victory entre outros, mas duvido que alguém tenha pensado em Judith.  Enfim, pelo menos a menininha agora tem um bonito nome, bem vinda ao mundo Judith.

Obs.:2: Desculpem o desabafo durante a review e até sei que muitas pessoas levam isso com naturalidade por se tratar de uma série, porem a certo tipo de coisas que nos fazem mal e isso é algo que particularmente me faz mal.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe, comente e faça parte do Séries Em Foco

Veja a promo do próximo episódio de THE WALKING DEAD:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentário(s)
4 Comentário(s)