DEXTER – S07E02: SUNSHINE AND FROSTY SWIRL

Por Alvaro Luiz Matos

9 de outubro de 2012

AlvaroLuizMatos - @AlvaroLuizMatos

 SPOILERS ABAIXO:
Estaria Dexter voltando a ser o que já foi um dia?

É impressionante como o roteiro está bem costurado, é visível que o conteúdo da temporada não foi improvisado e que mesmo que tenhamos um vilão também teremos muito mais do que isso para assistir esse ano.

A máfia ucraniana será o obstáculo dessa temporada, mas outros fatores irão convergir para determinar o fim da série. Todos os obstáculos rondando Dexter são pertinentes ao momento em que vivemos, necessitando que a série se reinvente e crie bons arcos para concluir seu ciclo na televisão. Dessa forma o primeiro passo foi dado quando Dexter precisou matar seu irmão biológico em um grande dilema interno, a morte de Rita encadeou o segundo passo fazendo com que ele passasse pelas maiores dificuldades e instabilidades de sua vida, aceitando interferências de terceiros em seu código (Lumen) e relevando seus pensamentos. 

O próximo passo está sendo dado nesse instante, quando Deb descobre a verdade e muda a dinâmica da vida de Dexter. A conversa entre eles no momento de explosão gerou um grande clima de tensão, em seguida sua verdadeira história foi contada e Deb parece ter assimilado bem o drama do irmão.

Paralelo a isso a descobertas de Dexter sobre seu “admirador secreto” abre mais uma vertente na sua vida. Não concordo quando Dexter desiste de mata-lo, pois normalmente esse ato gera consequências em sua vida. (Vamos aguardar o desenrolar do arco)

Temos também o arco da máfia ucraniana crescendo durante o episódio e esse fator pode até interferir na vida de Dexter, mas seria bom se fosse resolvido por Deb e companhia (Afinal temos uma policia que não resolve casos). Assim valorizaríamos mais os demais personagens enquanto Dexter convive com seu novo tratamento.

Por falar em tratamento, a atuação de Jennifer Carpenter (Deb) está superando todas as minhas expectativas. Para quem não sabe ela e Michael C. Hall (Dexter) foram casados e na ultima temporada havia entre eles um clima ruim durante as gravações, hoje essa sensação não existe e faz com que os dois demonstrem o seu potencial maior. Assim é possível dizer que Deb vem sendo o ponto forte da temporada, a atuação é esplendida, é possível vê-la nesse episódio chorando, desesperada, assustada, perplexa, orgulhosa (no momento em que Dexter desiste de matar Louis) entre outras diversas expressões facilmente destacadas em sua atuação.

Outro momento que me chamou a atenção ocorreu durante a declaração de Dexter sobre o que passava por ele no momento em que sentia a vontade de matar, essa declaração foi muito bem feita e agregou ao episódio uma carga emocional muito grande.

Entre outros comentários é importante salientar que a série está desenvolvendo com calma seus arcos, assim é possível que se explore melhor as possibilidades sem que haja afobação.
Veja a promo do próximo episódio de DEXTER:

Não deixe de comentar deixando sua opinião sobre o episódio e sobre o texto:

Gostou da postagem? Nos ajude a divulgar compartilhando: 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentário(s)
1 Comentário(s)