HOW I MET YOUR MOTHER - S08E01: FARHAMPTON (SEASON PREMIERE)

Por Alvaro Luiz Matos

25 de setembro de 2012

Por: AlvaroLuizMatos      
SPOILERS ABAIXO:
Em vinte minutos conseguimos rir, nos emocionar; conseguimos pensar na vida e em quem amamos e ainda conseguimos perceber que How I Met Your Mother não quer brincar conosco e está no caminho correto.

Enfim, poderíamos esperar tanta coisa neste retorno que é até difícil forma uma opinião, mas é inquestionável a qualidade deste episódio. Foram corrigidos os possíveis erros de destino da série, foi dado o protagonismo a Ted sem que a história de Barney fosse esquecida, o arco principal parece ser mesmo o foco da temporada, Barney e Robin se alto justificam como um casal, foi dado a duvida de que o casamento realmente aconteceu, e principalmente, foi confirmado que neste casamento Ted esteve perto da mãe de seus filhos.

Como dizer que uma série que coloca tudo isso em 20 minutos, e ainda consegue fazer rir na maioria do tempo, é ruim? Como dizer que os produtores e roteiristas de uma série como HIMYM são fracos? A cada dia podemos questionar menos os roteiristas e duvidar ainda menos que eles não saibam o que estão fazendo.

Marshall e Lily vêem me incomodando faz tempo, não ao ponto de odiá-los, mas como seus arcos estão praticamente fechados eles ficam em contraponto com tudo o que está acontecendo. Consegui rir deles zumbis, porem não foi o ponto alto do episódio em minha opinião, já Barney chegou arrasando no inicio do episódio, enquanto Ted dizia está tudo normal (na maior falsidade do mundo) ele tentava escapar pela janela.

Ainda sobre Barney e agora sobre Robin, também, o suposto casamento dos dois foi justificado com maestria e qualidade, é obvio que eles ainda se amam e que podem ser felizes juntos. A sacada do galpão com as lembranças deles juntos foi realmente bonita e cooperou para a ótima sequência de cenas finais do episódio, outro ponto bom foi Barney resumindo tudo em apenas um minuto para sua noiva. (Eu particularmente não me arrisquei a rir para não perder a explicação, mas quando ele para pra respirar eu não aguentei).

Ted foi quem mais progrediu no episódio, sua conversa em alemão/francês/inglês com o marido em fuga foi interessantíssima e resumiu em uma palavra (em alemão) o que todos precisaríamos de no mínimo de uma frase. Pensar se aquela pessoa é realmente a pessoa certa ou quase a pessoa certa balançou Ted e lhe deu mais uma dica sobre seu futuro. (Não Ted, não adianta forçar e escolher errado apenas por não saber esperar a hora certa).

Enfim, balanço mais do que positivo, animação total em saber que terei vinte minutos assim todas as semanas para lavar a alma e aliviar o stress do dia a dia.E, mais do que tudo, ansiedade com a possibilidade de um final ainda esse ano para saber  o “COMO EU CONHECI SUA MÃE.”

Obs.:1: Queria dizer que o sorriso daquele bebê foi a melhor cena do episódio, não que não tenha gostado do episódio (longe disso), mas quando aquele bebê sorriu, eu me derreti facilmente.

Obs.:2: Se era mesmo para pensar se aquela pessoa é a pessoa certa, eu pensei e tenho certeza que a minha namorada é sim a pessoa certa. ( TE AMO AMOR)

Veja a promo do episódio de How i Met Your Mother:
Não deixe de comentar deixando sua opinião sobre o episódio e sobre o texto:

Gostou da postagem? Nos ajude a divulgar compartilhando: Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentário(s)
3 Comentário(s)