GAME OF THRONES - S02E04 GARDEN OF BONES

Por Alvaro Luiz Matos

26 de abril de 2012

Por: @AlvaroLuizMatos    

SPOILERS ABAIXO
Vou começar por algo que não precisava ser assim, eu, há mais ou menos um ano, quando foi lançado Game of Thrones, assistia uma série transmitida pela showtime, também recém lançada, chamada The Borgias, e não foi a lentidão que me fez deixar de assistir a série. O Papa Borgia fez sua filha casar com um rei apenas por política, e na primeira noite da sua doce filha com tal rei acorreram cenas como as de Joffrey nesse episódio.

Beleza, se eu não estivesse compromissado em escrever as reviews de Game Of Thrones pararia por aqui mesmo, a cena em que ele ameaça e faz seu guarda bater em Sansa já não me fez sentir bem, ainda bem que fomos salvos por Tyrion e Broon, mais um pouco vemos o pervertido Joffrey com duas prostitutas enviadas pelo seu tio, por agrado, sendo maltratadas. Afinal, se tem algo que me faz desistir de uma série, mesmo que seja boa, é o exagero, que o cara é chato e mala, beleza, mais tais cenas e tais citações não precisam ser levantadas ao intuito. Primeiro que, na minha concepção, influenciam a agressão à mulher e segundo que não agrega a nada à série, tais cenas poderia ser feito de outra forma e menos explicita.

Voltando ao episódio, e deixando de lado o desabafo, ainda estou tentando entender os planos de Tyrion e deu pra perceber que ele não brinca em serviço, a prepotência de se vender o que não tem é algo inteligentíssimo de ser feito, no caso aqui dizer ter Sansa e Arya, e dessa forma ainda entregar o corpo de Lord Stark a sua esposa , faz com que, mesmo sem querer ela consiga pensar na proposta feita.

O verdadeiro dono do trono,Lord Stannis, ao lado da sua sacerdotisa do fogo, Melisandre, não se importam que seus exércitos não sejam o maior e com a ajuda negada de seu irmão,Renly, que o considera indigno de ser rei , eles declaram um possível confronto.

Como o episódio foi de rever alguns personagens sumidos, vemos Rob Stark ainda no começo do episódio invadindo mais uma vila rival, avançando com seu exercito e conhecendo uma camponesa que o encantou, Telissa. Outra que reapareceu foi Khaleesi, enfim encontrou algo em meio ao deserto, uma cidade que se diz “a maior cidade que já existiu e jamais existirá” governada pelos treze, aonde pode enfim ter algo que comer. Afinal esse arco é outro que anda, anda e nada demais acontece, aquela cidade não me animou muito não.

Arya, agora prisioneira, se encontra em um dos piores lugares já mostrado pela série, rezando e temendo pela morte, quando vê o bastardo sendo o próximo da lista. Lord Lannister chega ao vilarejo e com sabedoria evita que se desperdice trabalho escravo, alem de só olhar e percebe que ela é uma garota.

Tyrion, que parece ter puxado a inteligência do pai, de forma sagaz percebe que o escudeiro de sua irmã está transando com ela e faz disso mais uma de suas armas, com ameaças e um jogo de mentes muito bem conduzido. Agora ele tem mais um ouvido no reino e ainda mais informações.

Fazem o que? Dois episódios que Melisandre e Stannis fizeram sexo? Ela já está tendo o bebê? Deve ser pelo curto espaço de tempo que vemos algo tão estranho nascendo e brotando das entranhas dela, algo muito mais voltado pras sombras do que pra luz. Mas isso vamos descobrir no próximo episódio, já vi horrores demais por hoje.

Obs.:1: Sério? Juro que prefiro morrer a serrarem meu pé sem anestesia, deu arrepios.

Obs.:2:
Broon – Jofrey está a ponto de explodi, entupido das bolas ao cérebro
Tyrion – Acha que molhar o bilau vai curá-lo?
Broon – Não há cura para ser um cuzão
(essa valeu a pena ouvir)
Veja como será o próximo episódio de Game of Thrones:

Não deixe de comentar deixando sua opinião sobre o episódio e sobre o texto:

Gostou da postagem? Nos ajude a divulgar compartilhando:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentário(s)
0 Comentário(s)